Projeto Mudança Radical: acompanhamento de perda de peso

Ontem foi dia de pagar o cartão de crédito. Daí reparei que na fatura do mês estava também a última parcela da bicicleta ergométrica que compramos aqui para casa há exatos 12 meses.

Vou compartilhar com vocês que trabalho o dia todo sentado, que bebo pouca água durante o expediente e que — isso mesmo! — minhas tarefas são estressantes.

Resumindo: igual a você, preciso praticar algum tipo de exercício físico se quiser ter uma qualidade de vida melhor.

Lembro também que há 12 meses eu depositei naquela bicicleta todo o sucesso do meu grande plano de mudança radical. E acredito que você também já tenha comprado uma esteira, uma bicicleta ou até um par de tênis achando que iria simplesmente se tornar o Rocky Balboa ou a Garota de Ouro.

Talvez estivesse enganado. Bicicletas, esteiras e pares de tênis são meios, são ferramentas, para obtermos algum fim, algum objetivo, nossa meta. O que precisamos é manter a motivação até que a meta chegue e, depois, prosseguirmos para novos desafios, com a tranqüilidade de já termos conquistado sucesso no passado.

Foi pensando assim que decidi retomar o gosto pelos exercicíos (quase sempre) diários e, de maneira diferente ao que fiz no passado, preparei uma planilha para acompanhar meu desempenho e poder comemorar cada avanço.

Utilizando a planilha

reidasplanilhas-planilha-acompanhamento-perda-de-peso

Existem muitas formas de se montar uma planilha para acompanhar os resultados de um trabalho aeróbico. Então, para atender a práticos e a detalhistas, optei por disponibilizar uma planilha para 60 dias de exercícios, com os principais indicadores de desempenho aeróbico, mas com apenas três colunas de preenchimento obrigatório no dia-a-dia.

    • A planilha inicia com o preenchimento dos seguintes dados: data de início do plano, peso inicial e meta de peso corporal.

 

  • Possui ainda o registro do dia* (1) em que você praticou o exercício, o tempo (2) que conseguiu pedalar, correr, andar, a distância percorrida* (3) estimada, a quantidade de calorias perdidas (4) e o seu peso corporal* (4) ao longo do dia, após o exercício, que é usado para checar se você chegou à meta e alertar quantos gramas você perde ou acaba ganhando quando adia para amanhã o exercício que deve fazer hoje.(*) preenchimento obrigatório.

Algumas observações

    • Procure estabelecer sua meta de perda de peso com base naquela conversa que você provavelmente já teve com o seu médico, mas acabou deixando para resolver na “próxima segunda-feira” do mês:

      Dr. Walter: – João, você está precisando perder uns 4kg;
      João: – Ok, doutor. Daqui a mais 1kg eu começo…

    • Se você estava parado há muito tempo, então não force a barra no início. É mais provável você desistir da carga pesada que se impôs;

 

    • Para facilitar o acompanhamento, você pode preferir anotar os dados da semana num papel e só transportar para a planilha no domingo à tarde.

 

  • Vale lembrar: não sou médico, professor de educação física ou fisioterapeuta, e, por isso, recomendo que você procure um desses profissionais antes de iniciar o seu plano de mudança radical.

Nova versão disponível (junho/2011)

Confira também a nova versão da planilha de acompanhamento de perda de peso, publicada em nosso blog em junho/2011.

Baixar gratuitamente

Acompanhamento de perda de peso – versão 1